domingo, 12 de março de 2017

, ,

Tudo sobre a Laranja


Vantagens:
Uma excelente fonte de vitamina C.
Uma boa fonte de ácido fólico, tiamina e potássio


Desvantagens:
Pode provocar reações alérgicas em pessoas suscetíveis.

Uma das frutas mais populares, a laranja geralmente é associada à vitamina C, e com razão. Uma laranja de tamanho médio fornece 70mg, mais de 90% da Ingestão Diária Recomendada (IDR) para mulheres. Como antioxidante, a vitamina C protege contra danos causados pelos radicais livres produzidos quando o oxigênio é utilizado pelo corpo, e pode reduzir o risco de certos tipos de câncer, infartos, derrames e outras doenças. A laranja contém rutina, hesperidina e outros flavonoides, pigmentos vegetais que ajudam prevenir ou retardar o crescimento de tumores. A betacriptoxantina é um caroteoide presente nas laranjas e tangerinas que pode contribuir para prevenir o câncer de cólon. A nobiletina, um flavonóide encontrado na polpa das laranjas, pode ter efeito antiinflamatório; e a tangeretina, flavonóide encontrado nas tangerinas, foi apontada em estudos experimentais  como sendo um fator de retardamento do crescimento de células de tumor. A laranja também tem quantidades menores de outras vitaminas e minerais, como tiamina, ácido fólico e potássio.

A laranja é pouco calórica (uma laranja contém, aproximadamente, 60 calorias). Outro benefício é que as membranas entre os gomos da fruta fresca fornecem uma boa quantidade de pectina, uma fibra solúvel que ajuda controlar os níveis de colesterol do sangue.

As laranjas frescas são não só um ótimo lanche ou sobremesa como também um ingrediente saboroso para saladas e alguns pratos de carne. Meia xícara de suco de laranja recém-espremido tem praticamente a mesma quantidade de nutrientes encontrados na fruta fresca, mas grande parte da polpa e das membranas é coada na grande parte dos sucos industrializados. Que perde a maior parte da vitamina C e alguns minerais durante o processamento e, geralmente, são embalados misturados a xaropes com alto teor de açúcar.

A casca da laranja algumas vezes é desidratada para fazer doces ou temperos. É necessário cautela, entretanto, porque a casca pode ter sido tratada com sulfitos, que podem desencadear sérias reações alérgicas em pessoas suscetíveis. Além disso, a casca da laranja contém limoneno, um óleo alérgico comum. Muitas pessoas alérgicas ao suco de laranja comercial, que contém grande quantidade de limoneno devido ao processamento , descobrem que podem  comer laranjas descascadas sem problemas.

DICA: Coma o bagaço
Coma o bagaço da laranja (a parte branca esponjosa entre o pomo e a polpa), pois ele contém uma boa quantidade de fibras e antioxidantes fitoquímicos.

Tipos de laranja:
Os tipos mais comuns são os seguintes:
·         Hamlin: cultivadas principalmente na flórida. Essas laranjas não têm sementes e são polpudas ; geralmente usadas para suco.
·         Jaffa: importadas de Israel e outras regiões quentes. São um pouco mais doces do que as Valências.
·         Maltesa: ou vermelhas, são doces, de cor vermelho-escura, originária da Itália.
·         Navel: doces e sem sementes, elas são o segundo tipo mais comum na América do Norte.
·         Seville: são amargas e usadas principalmente para preparar doces.
·         Temple: são doces, suculentas e repletas de sementes; são um híbrido de tangerina e laranja.
·         Valência: a variedade mais comum da América do Norte, usadas para comer ao natural e fazer sucos.


Do livro: Alimentos saudáveis, Alimentos perigosos

 

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Aqui o papo é light!