quinta-feira, 4 de setembro de 2014

,

Whey Protein - O que você precisa saber


Você sabia que para cada 1kg de peso que nós seres humanos possuímos, é necessário 1 grama de proteína? Se você pesa 60kg, então precisa de 60g de proteína por dia e não mais do que isso. A proteína é um nutriente muito importante para o bom funcionamento do corpo.

Existem uma diversidade de alimentos composto por proteínas, mas iremos falar sobre cada um deles em um outro post, que pretendo explicar mais detalhes sobre o assunto. Neste post vamos falar do suplemento alimentar mais famoso do mundo fitness, o Whey Protein, mais procurado no mercado de suplementos por gerar bons resultados.

O QUE É WHEY PROTEIN?



Conhecido como Whey Protein no mercado de suplementos, mas é especificamente a proteína do soro do leite. É extraída durante o processo de fabricação do queijo, e é o conjunto de proteínas globulares isoladas do soro do leite de vaca, que contém 20% de proteína e 80% de caseína. Além de possuir altas concentrações de aminoácidos, que o corpo humano não produz.

Este suplemento alimentar possui uma diversidade de benefícios, entre eles, ajuda no ganho de massa muscular, aumenta a imunidade, e devido testes em ratos de laboratório, acredita-se também que é um auxiliar para o combate do câncer. É recomendado para compor a quantidade necessária de proteínas do

É muito comum encontrar Whey Protein em pó, e pode ser misturado com água, suco, vitaminas e outras bebidas não alcoólicas ou não gaseificadas. Quando comparado com outros suplementos, comprova-se que permite a construção de forma saudável da massa muscular mais rapidamente, sua absorção é rápida. É livre de gorduras e quase não contém carboidratos.

QUAL A DOSAGEM IDEAL DE WHEY PROTEIN?



No verso da embalagem do produto, vem descrito detalhes importantes, entre eles, a dosagem correta para consumir no dia. Mas o recomendável é a procura por um profissional nutricionista que possa indicar a quantidade que cada um precisa consumir. Isto vai variar de acordo com o seu objetivo.

Geralmente se o seu ideal é o ganho de massa, você deve levar em consideração o seu peso e consumir para cada quilo que possui 2g a 3g. Suponha que tenha 80kg, neste caso deve consumir cerca de 160g a 240g de proteína por dia.

Se o seu objetivo é melhorar o condicionamento físico, deverá consumir um pouco menos, até 2g de proteína por quilo de peso.

Mas entenda que o Whey Protein é um suplemento alimentar, ou seja complementa a sua alimentação, que durante o dia, você deve consumir outros alimentos que também contenha proteína. Portanto, não faça dele a sua única fonte de proteína.

QUANDO TOMAR WHEY PROTEIN?

O suplemento deve ser ingerido pelo menos até 30 minutos após o treino de força, em outros tipos de treino, não há um horário definido, pois não altera no efeito do produto.
Já no caso de atividades que exijam força, o ideal é mesmo após o treino, isto porque é o momento em que a musculatura precisa se regenerar, e é então que a proteína cumpre o seu papel.

COMO TOMAR WHEY PROTEIN?
Quer uma absorção mais ágil? Então não hesite em tomar com água. Aliás é a forma mais comum, já que ao terminar o seu treino, fica mais fácil preencher o seu squeeze na própria academia. Desta forma o seu corpo absorve mais depressa o suplemento, pois não exige energias para digerir qualquer outro componente. Que é o caso do leite, pois o organismo terá que digerir as gorduras e carboidratos, a absorção fica mais lenta.

WHEY PROTEIN ENGORDA?
O suplemento NÃO substitui refeições. Você deve seguir exatamente a dosagem necessária diariamente para seu tipo de organismo. Desta forma ela só será um complemento para o ganho de massa magra no seu corpo, sendo assim, não engorda.

Mas tudo que é exagerado faz mal, e sim, engorda! Imagine que a sua dosagem de proteína necessária possui 120 calorias, isso não é nada se comparar a quantidade de calorias necessárias no seu dia. E além do mais, o seu organismo entende que você está dando a ele proteína para regenerar os seus músculos.
Agora se você dobra a quantidade de whey protein por dia, a quantidade calórica também aumenta. Não ultrapasse a quantidade recomendada.

TIPOS DE WHEY PROTEIN


Muitos afirmam que Whey Protein é tudo igual. Mas esqueça isso, pois não é verdade. Existem tipos diferentes de concentração, processo de extração, qualidade, fabricante e também valores.

Acredito que você já tenha visto notícias sobre produtos que foram barrados e recolhidos pela ANVISA, ou pela falta de qualidade, pela quantidade menor de proteína no produto do que consta descrito no pote, ou ainda pela incapacidade de cumprir o prometido. Estas são informações que você deve levar em conta!

Whey Protein concentrado: Quanto menor o nível de proteína concentrada, maiores são os níveis de gordura e lactose. É o mais comum de encontrar no mercado de suplementos, pode fornecer entre 29 a 89% de proteína. É extraído do soro do leite através de uma filtração mais leve como a microfiltração.
A absorção desse tipo de proteína, costuma ser mais lenta que as demais.

Whey Protein Isolada: Este é o tipo de Whey Protein mais pura que existe no mercado de suplementos. Contém cerca de 90% ou mais de proteína em sua composição. Estas são isentas de gordura e com menos de 1% de lactose, sendo o mais recomendado para pessoas com intolerância a lactose.
A absorção deste tipo de proteína é bastante rápida, possui todas as vitaminas e minerais do leite, todos os aminoácidos essenciais e não essenciais. É uma das mais caras, geralmente as mais indicadas são as marcas internacionais como a Optimum e a Dymatize Nutrition, que são as queridinhas do mercado.

Whey Protein Hidrolisado: Em sua fabricação, muitos litros de leite são necessários para formar sua composição, é extraído através de hidrólise enzimática, possui cerca de 90% de proteína ou mais. Os peptídeos torna-a mais rápida e fácil de digerir. Esta é o tipo de proteína que tem menos possibilidade de causar reações alérgicas em seus consumidores. Contém traços significativos de gordura, carboidratos e minerais. Costuma ser caro também. 

Entrevista com a nutricionista Heloísa Mattos
e o personal trainer Marco Valentim
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Aqui o papo é light!