sexta-feira, 1 de agosto de 2014

,

Cigarros demais, saúde de menos


Um artigo de revisão publicado no Journal of Endocrinology [Jornal de Endocrinologia], compilando mais de cem estudos sobre o efeito hormonal do fumo, chegou a uma conclusão surpreendente: fumar é um completo desastre.

O fumo causa impactos em muitas glândulas endócrinaspituitária, tireoide, suprarrenal, testículos, ovários -, além de prejudicar pulmões, coração, cérebro e, claro, cada uma das outras células de nosso corpo. Pode, também, causar resistência à insulina e ao diabetes, aumentar os níveis de cortisol e dá gordura na barriga.

Fumar pode tornar as mulheres inférteis e levá-las à menopausa anos antes do tempo certo. Fumar também constitui um tremendo risco para o desenvolvimento de problemas na tireoidepode levar ao hipotireoidismo, porque eleva os níveis de tiocianato, um conhecido bociógeno (substância que faz crescer o bócio). E, se você já é uma pessoa com hipotireoidismo, fumar contribui ainda mais para cortar a secreção de hormônio tireóideo.


Mesmo com tudo o que sabemos sobre o fumo, ainda há pessoas na faixa dos 20 anos de idade que me procuram, fumando feito chaminés, e dizem: “Não posso parar, não quero engordar!”. (De fato, uma pesquisa realizada com 4 mil mulheres e divulgada na revista Self revelou que 13% delas fumam para perder peso).

Tenho notícias ruins: fumar vai tornar você uma pessoa gorda. E mais velha. E feia. Ah... e talvez morta. Isso dificilmente pode ser considerado um regime de beleza sustentável.

Nós temos mesmo de ir nessa direção? Pela última vez, pare de fumar!
Só porque alguma estrela aparece fumando um cigarro atrás do outro, sofrendo amargamente, sentada numa mesa de calçada de algum café, não quer dizer que esse seja o segredo do seu plano de perda de peso. Fumar enche o seu corpo com tantos poluentes que não só não ajudará a perder peso, como também fará você engordar. Simplesmente, não faça isso.

Fonte: livro- Dieta do Metabolismo, página 101 e 102.
por Jillian Michaels & Mariska Van Aalst.
Editora Leya
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Aqui o papo é light!