sábado, 22 de fevereiro de 2014

, , ,

Comidas processadas, chega desse mal

O que você tem na sua dispensa?



É claro que você já sabe que o grande responsável pelo funcionamento do seu metabolismo é você mesmo. O seu conjunto de hormônios funciona de acordo com o que você coloca no seu prato, e a maneira que você come.

Comecei a leitura de um livro interessante sobre metabolismo: "Dieta do metabolismo", por Jillian Michaels e Mariska Van Alst. Lendo assim parece só mais daqueles livros fúteis com um monte de "blablablas" sobre emagrecer. Mas a verdade é que o livro proporciona uma verdadeira lição, surpreendente de como funciona o nosso metabolismo, o que é, do que é formado, e como fazê-lo funcionar de verdade. São inúmeras lições incríveis, mas hoje vou compartilhar apenas um trecho sobre Comidas processadas, das quais estão presentes frequentemente em nossas vidas.


Comidas processadas: o grande não

Somos pessoas muito ocupadas, não temos tempo para cozinhar e muito menos para ir ao mercado todos os dias - temos coisas demais para fazer. Então, pensamos: "Temos de estocar, comprar em grande quantidade, uma vez por semana".

Foi assim que a comida processada entrou em nossa cadeia alimentar. As corporações perceberam que seria altamente rentável oferecer coisas que aliviassem esse déficit de tempo. E, nossa, quanto estamos pagando por isso!

Comida processada é qualquer alimento enlatado, congelado, desidratado ou ao qual sejam acrescentados substâncias químicas para fazê-lo durar mais, alterar sua textura, suavizá-lo, permitindo que fique nas prateleiras para sempre. Algumas variedades, como as congeladas e pré-cozidas, podem ser uma dádiva de Deus. Talvez não tão ideais como as compras frescas na feira, mas sou realista: contanto que sejam naturais elas nos ajudam a caminhar na rota certa.

Estou me referindo às comidas processadas feitas de grãos refinados, óleos vegetais e com acréscimo de açúcar, aquelas que compõem 60% de nossa dieta. Vamos eliminar esses produtos que tem na composição substâncias químicas baratas que diluem os melhores nutrientes que existem em nossos alimentos integrais - em outras palavras, a maioria das comidas processadas que comemos!

Enquanto lê essa parte do livro, quero que você pegue um saco de lixo, vá até o armário e a geladeira, e jogue fora tudo isso. Às vezes você até lê um artigo sobre dieta que recomenda: "Livre-se de todas as suas comidas e doe todas para que sejam usadas como ingredientes de sopa num abrigo para pessoas sem teto". Esqueça! Ninguém deveria comer isso. Por que gente pobre teria de engolir essas coisas se você não come?

Quero que você faça uma conexão mental, entendendo isso como veneno, algo horrível para o seu corpo e o de qualquer outra pessoa. sim, você investiu dinheiro nisso, mas deixe o seu prejuízo para lá e evite também que alguém se envenene. JOGUE FORA!

-------

É claro que ninguém consegue seguir à risca tudo isso, obvio. Mas isso é apenas para você sentir o quanto é prejudicial esse tipo de alimento, e sempre que você for ao supermercado, pense nisso, troque os processados, pelos alimentos frescos e orgânicos...

E é assim que aos poucos você vai mudando os seus hábitos alimentares e cuidando mais da sua saúde e do seu corpo.


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Aqui o papo é light!